???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/137
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação da flexibilidade e desvios de instrumentos Reciproc após sua reutilização
Autor: Barros, Sandrini Gomes de Oliveira de
Primeiro orientador: Silva, Emmanuel João Leal Nogueira da
Segundo orientador: Mendonça, Thais Accorsi
Primeiro membro da banca: Neves, Aline de Almeida
Segundo membro da banca: Antunes, Henrique dos Santos
Terceiro membro da banca: Vieira, Victor Talarico Leal
Resumo: A flexibilidade dos instrumentos endodônticos parece ter ligação com os desvios provocados durante a instrumentação e modelagem dos canais radiculares durante um tratamento endodôntico. O objetivo deste estudo foi avaliar a capacidade do sistema reciprocante Reciproc na manutenção da anatomia de um canal simulado após multiplas utilizações, reproduzindo dessa forma a instrumentação de um dente multiradicular. O ensaio de flexibilidade do instrumento foi realizado a cada instrumentação com o intuito de correlacionar a flexibilidade com o transporte gerado. Foram usados cinquenta canais radiculares curvos, simulados em resina, e 10 instrumentos RECIPROC R25, de maneira em que cada lima instrumentou um grupo com 5 canais simulados em resina, ou seja, com 4 reutilizações, sem esterilização intermediária. A instrumentação foi realizada por um único operador, respeitando o protocolo de instrumentação deste sistema. A flexibilidade dos instrumentos foi testada através do ensaio de flexão em 45º(colocar aqui a norma ISO para este ensaio, veja com o Victor), antes da primeira instrumentação e após cada instrumentação, gerando resultados como o gráfico de força (gf) x deslocamento (mm) e a média da flexibilidade em três pontos. Toda a análise e processamento de dados de imagem foram realizados com um programa de código aberto (Image J, Fiji is just Image J, EUA). A avaliação do transporte do canal foi obtida para todo o canal e subdividido em porção apical, reta e curva do canal. Os resultados não evidenciaram uma correlação entre o ensaio de flexão das limas e o transporte/ desvio encontrados no canais simulados instrumentados. Dentro das limitações deste estudo, podemos concluir que a reutilização, em 4 reusos sem esterilização intermediária, de instrumentos RECIPROC R25 não produziu um transporte ou desvio em canais simulados em resina.
Abstract: The flexibility of endodontic instruments seems to have a connection with deviations of the original canal shape caused during cleaning and shaping of root canals R25 instrument. The purpose of this study was to assess the ability of Reciproc in maintaining the original profile of root canal anatomy in simulated curved canals, after multiple uses, in order to simulate the instrumentation of a tooth with more one root. The flexibility test was performed before each instrumentation in order to correlate the file flexibility with the transport generated. Fifty simulated curved canals, manufactured in clear resin blocks and ten RECIPROC (R25) instruments were used. Each R25 instrument prepared a group of five simulated curved canals with four reuses, without intermediate sterilization. The instrumentation was performed by a single operator, observing the protocol of the system. The flexibility of the instruments was tested by means of a bending test , before the first and after each instrumentation, generating results as the power chart (gf) vs. displacement (mm) and mean flexibility in three points. All image processing and data analysis were performed with an open source software (Image J, Fiji is just Image J, USA). Evaluation of canal transportation was obtained in the following canal regions: apical, straight and curved levels. The results did not show a correlation between the bending test of instruments and canal transportation/deviation in simulated canals curved after instrumentation. Taking into account the limitation of this study, we conclude that, after 4 reuses without intermediate sterilization, the instruments R25 didn’t produce a canal transportation or deviation in simulated curved canals.
Palavras-chave: Odontologia
Endodontia
Instrumentação
Cavidade pulpar
Maleabilidade
Sistema reciprocante
Área(s) do CNPq: Odontologia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Grande Rio
Sigla da instituição: UNIGRANRIO
Departamento: Unigranrio::Odontologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Citação: Barros, Sandrini Gomes de Oliveira de. Avaliação da flexibilidade e desvios de instrumentos Reciproc após sua reutilização. 2016. 46 f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Odontologia) - Universidade do Grande Rio, Duque de Caxias .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/137
Data de defesa: 3-Mar-2016
Appears in Collections:Coleção de Pós-Graduação em Odontologia



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons