???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/tede/handle/tede/59
Tipo do documento: Dissertação
Título: A influência do tratamento periodontal no controle glicêmico em pacientes diabéticos tipo 2 não insulino-dependentes
Autor: Pereira, Dário da Rocha
Primeiro orientador: Tinoco, Eduardo Muniz Barretto
Primeiro membro da banca: Falabella, Márcio Eduardo Vieira
Segundo membro da banca: Silva, Denise Gomes da
Terceiro membro da banca: Teixeira, Henrique Guilherme de Castro
Resumo: O diabetes mellitus abrange um grupo de distúrbios metabólicos que levam à hiperglicemia, e seus principais sintomas são polidpsia, poliúria, polifagia e perda de peso. Além destes sintomas frequentemente ocorre uma insuficiência vascular periférica, provocando distúrbios de cicatrização e alterações fisiológicas que prejudicam a resposta imunológica, aumentando o risco de infecções. Aproximadamente 3-4% dos pacientes que se submetem a tratamento odontológico são diabéticos, o que representa um fator de risco para as doenças periodontais. Alguns autores sugerem que o tratamento periodontal em pacientes diabéticos pode contribuir para a redução dos níveis glicêmicos. O objetivo deste trabalho foi investigar os efeitos do tratamento periodontal usando-se a técnica de “desinfecção de boca total” sem o uso de antibióticos, sobre os níveis de glicose em pacientes diabéticos tipo 2 não insulino-dependentes. Um total de 15 indivíduos diagnosticados com diabetes mellitus tipo 2 e doença periodontal foram randomicamente divididos em grupo experimental e controle. Foram feitas medições iniciais de hemoglobina glicosilada e medidas as taxas glicêmicas em aparelho de medição digital, por um período de 3 meses. Os indivíduos do grupo teste receberam tratamento periodontal não cirúrgico e foram avaliados nos dias 0, 30, 60 e 90. Os indivíduos do grupo controle foram avaliados no mesmo período e receberam o tratamento periodontal adiado. Os níveis de hemoglobina glicosilada decresceram em ambos os grupos, porém apenas no grupo teste, após 90 dias, esta redução foi estatisticamente significante. Os resultados deste estudo demonstram que indivíduos com diabetes tipo 2, não insulino-dependentes, que receberam tratamento periodontal não cirúrgico, apresentaram uma redução significante nos níveis de hemoglobina glicosilada após 3 meses de terapia, enquanto indivíduos do grupo controle não apresentaram uma redução estatisticamente significante. Dentro das limitações deste estudo, os dados sugerem um possível efeito adjunto da terapia periodontal no controle glicêmico de pacientes diabéticos.
Abstract: Diabetes mellitus comprises a group of metabolic disorders that lead to hyperglycemia, and its main symptoms are polydipsia, polyuria, polyphagia and weight loss. In addition peripheral vascular disorders may impair wound healing and physiological changes that impair the immune response contribute to an increase risk of infections. Approximately 3-4% of patients undergoing dental treatment are diabetic, which is a risk factor for periodontal diseases. Some authors suggested that periodontal treatment in diabetic patients may contribute to the reduction of blood glucose levels. The aim of this study was to investigate the effects of periodontal treatment using "full mouth disinfection" without the use of antibiotics on glucose levels in type 2 diabetic non-insulin-dependent patients. A total of 15 individuals diagnosed with type 2 diabetes mellitus and periodontal disease were randomly divided into experimental and control groups. Glycemic levels of glycosylated hemoglobin and capillary and glucose rates were evaluated for a period of three months. Individuals in the test group received non-surgical periodontal treatment and were assessed on days 0, 30, 60 and 90. The control subjects were evaluated in the same period and received delayed periodontal treatment. Glycated hemoglobin levels decreased in both groups, but only in the test group, after 90 days, this reduction was statistically significant. The results of this study demonstrate that individuals with type 2 diabetes, insulin-dependent, which received non-surgical periodontal treatment, showed a significant reduction in levels of glycated hemoglobin after 3 months of therapy, while the control group did not show a statistically significant reduction. Within the limitations of this study, the data suggest a possible effect of periodontal therapy assistant in glycemic control in diabetic patients.
Palavras-chave: Odontologia
Periodontia
Doenças periodontais-Prevenção e controle
Diabetes Mellitus Tipo 2-Terapia
Diabetes Mellitus-Prevenção e controle
Glicemia
Área(s) do CNPq: Odontologia Social e Preventiva
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Grande Rio
Sigla da instituição: UNIGRANRIO
Departamento: Unigranrio::Odontologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Citação: Pereira, Dário da Rocha. A influência do tratamento periodontal no controle glicêmico em pacientes diabéticos tipo 2 não insulino-dependentes. 2010. 52 f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Odontologia) - Universidade do Grande Rio, Duque de Caxias.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/59
Data de defesa: 10-Sep-2010
Appears in Collections:Coleção de Pós-Graduação em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE Dário Diabetes.pdfCompleto968,61 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.